Os sócios Rafael Dutra e Marcos Zenaide são amigos de longa data e acompanharam muitas mudanças na vida um do outro. Juntos estudaram, fizeram escolhas profissionais e sempre compartilharam um desejo: empreender um trabalho que conversasse com valores de sustentabilidade. Dessa amizade e desse desejo surgiu a Joplins, marca de óculos feitos de bambu e de outros materiais sustentáveis que, além da ótima qualidade, são lindos e a gente tem o maior orgulho de ter aqui na Nuv.ooo. Conheça mais sobre a Joplins e essa parceria.

Marcos Zenaide, um dos sócios da Joplins, marca de óculos de bambu e outros materiais sustentáveis
Marcos Zenaide, um dos sócios da Joplins, marca de óculos de bambu e outros materiais sustentáveis

Quem são os sócios por trás da Joplins?

Eu e o Rafael somos amigos de colégio, fizemos faculdade de Administração juntos e fomos professores de Inglês juntos também, antes da faculdade. Depois de formados, ambos trabalhávamos no mercado financeiro. Mesmo depois que ele já tinha saído do setor e experimentado algumas outras possibilidades profissionais, ainda assim sonhava em ter um empreendimento sustentável, um desejo que a gente sempre compartilhou, aliás. Ele conheceu os óculos do bambu no Canadá e me convidou para trazermos a ideia para o Brasil. Daí começamos a pesquisar como fazer, buscar fornecedores, alinhar nossas expectativas e aperfeiçoar o produtos. São pouco mais de dois anos de caminhada e muito orgulho do que entregamos hoje: óculos de muita qualidade, feitos em materiais sustentáveis, resistentes e muito bonitos também.

Conte-nos a história da Joplins

Desde o início, tínhamos muito claro que nosso produto tinha obrigatoriamente que ser de qualidade e sustentável. Foi um longo caminho de entender como fazer, achar fornecedores e chegar no que que a gente queria entregar. Começamos fazendo dez óculos e hoje fazemos de 50 a 100, dependendo do mês, de variados modelos.

O nome veio de uma enquete que fizemos com amigos e seguidores. Apresentamos seis nomes e Joplins ganhou disparado. A marca hoje está aqui e na Europa, já que o Rafael agora mora em Portugal, e lá tem uma saída ótima também.

Qual o papel de cada um de vocês na empresa?

Comecei fazendo só a parte comercial e ele fazia o marketing e o desenvolvimento do produto. Desde que ele foi para Portugal, fazemos um pouco de tudo, eu aqui e ele lá, sendo que ainda cuido um pouco mais do administrativo e ele do design e da produção. A gente vem construindo a Joplins dia a dia, discordamos em muitas coisas, mas vamos nos acertando, colocando um pouco de cada um de nós no negócio. E ambos trabalhamos muito! 

Quais são os produtos da Joplins hoje? Que materiais você usam?

 

Hoje fazemos armações com três materiais: bambu, reaproveitamento da madeira que sobra da produção de skates, que são bem bonitas e tem camadas de várias cores, e resina de madeira 

com algodão, que é um material leve e bem resistente. O 

bambu ainda 

tem a vantagem de flutuar na água, ou seja: não tem chance de perder no mar, por exemplo, porque ele bóia. Além disso, para garantir a qualidade, usamos lentes polarizadas 

e com proteção UV da primeira linha da Polaroid, a 

mesma empresa que faz as câmeras. São lentes de alto padrão, saudáveis para a vista, duráveis e com ótima nitidez.

Onde você vende seus produtos?

Hoje vendemos em algumas lojas físicas e sempre que posso faço feiras. Curto essa relação direta com o cliente, ver as reações, os feedbacks. Vendemos pela internet também.

Porque vocês decidiram entrar especificamente

para a Nuv.ooo?

Porque senti que a Nuv.ooo oferece de verdade uma parceria, que tem essa coisa de crescer juntos. Há espaços onde é difícil para as marcas, pois o risco fica quase totalmente conosco e há custos altos para pagar. Na Nuv.ooo, a gente divide esse risco e sente que tem apoio e colaboração de verdade. Além disso, acho a loja linda, é a cara do meu produto, tem tudo a ver expor ele ali.