Mesmo após toda uma vida trabalhando no mundo corporativo, a tecnóloga da Informação Maria Cristina Costa sabia que não conseguiria ficar parada quando se aposentou. De curso em curso, chegou na Ourivesaria e se sentiu apaixonada. Ali encontrou espaço para o gosto que teve desde sempre por moda, atividades manuais e empreendedorismo. Kiki, como é conhecida desde pequena, viu também a possibilidade de utilizar com inovação e novas tecnologias em sua nova ocupação, como já fazia na primeira: a Modelagem 3D lhe permite a construção de peças impossíveis de fazer à mão livre.

Conte-nos um pouco sobre você?  

Sou formada em Tecnologia da Informação (TI)  e pós graduada em Gestão de Tecnologia. Trabalhei na área quase 31 anos, até me aposentar. Como não consigo ficar parada, comecei a fazer diversos cursos, até que descobri a ourivesaria. As primeiras peças em prata foram exercícios do curso e logo minha família e amigas começaram a se interessar. Comecei a presentear e também a participar de eventos em casa de amigos e outros, abertos ao público, onde comercializava minha arte. Me especializei com cursos diversos, inclusive a Modelagem 3D, o que me deu possibilidade de desenhar peças quase impossíveis de serem feitas a mão, além de unir o design de jóias com minha formação de tecnóloga.

Kiki Costa: a artista produz jóias em prata com técnicas manuais e modelagem 3D
Kiki Costa: a artista produz jóias em prata com técnicas manuais e modelagem 3D

Como e porque começou a empreender? 

Comecei mesmo em 2017. Fui acumulando muitas peças em prata durante os dois anos do meu curso de ourivesaria e os amigos me incentivaram a começar a comercializá-las. Deu muito frio na barriga pensar em vender, confesso, mas me animei com a possibilidade de ter um novo trabalho menos estressante do que o que eu tinha no mundo corporativo e uma ocupação que gostasse na minha fase de aposentada. Kiki é meu apelido desde criança e adoro, daí adotei como nome da minha marca.

Você já tinha tido um negócio próprio antes?

Minhas primeiras aventuras como empreendedora mesmo foram na adolescência. Eu adorava fazer bijuterias, vendia roupas de ginástica com a minha irmã, fazia e vendia roupas de camurça. Sempre gostei de moda. A área de tecnologia também tem muito a ver comigo, tanto que acabei aprendendo a modelagem 3D.

Como você desenvolve seus produtos, quais conceitos eles tem?

Hoje meus produtos são praticamente todos em prata. A maioria são peças modernas, arrojadas. Gosto de desenhar tanto a mão livre quanto no computador. Atualmente crio e  desenho, daí contrato profissionais para executarem minhas ideias. Me concentrando na criação, cada vez mais busco produtos autorais, diferentes do que vejo nas vitrines, além de ter um critério de qualidade bastante alto.

Em que você costuma se inspirar?

Meu processo de criar é muito livre. Geralmente, começo fazendo desenhos com variações aqui e ali a partir do que eu penso, até chegar no que eu quero. Me inspiro em minhas memórias e até mesmo em peças que já tive e gostava, fazendo releituras. Mas pode ser também em uma cena, algum objeto que eu vi na rua, não necessariamente uma jóia. No fundo, cada jóia que faço tem uma história, eu deixo fluir.

O 3D é uma tecnologia nova e que está ampliando as possibilidades em muitas áreas. Qual o papel dele no seu trabalho?

Tenho um xodó especial pelos meus produtos desenhados através da tecnologia 3D. Acho que neles consegui unir minha arte com minha experiência em tecnologia. São softwares complexos, peças trabalhosas de desenhar, pois é bastante artístico, mas muito técnico também. Dependendo da peça, você tem que projetar e criar as partes em separado, daí fazer a impressão 3D dos moldes e só então começar a produzir. Mas o resultado é único, impossível de conseguir de outras formas e isso acaba surpreendendo as pessoas. Sempre terei peças feitas em técnicas manuais, gosto muito também, mas o 3D ampliou muito as possibilidades do design de jóias.

Porque você decidiu fazer parte da NUV.ooo? 

Adoro e frequento sempre o Shopping da Gávea. Passei algumas vezes na frente da loja e fiquei observando de longe… no dia em que entrei, de cara gostei bastante do formato. Era o que eu procurava. Acho a Nuv.ooo uma oportunidade ótima para iniciar minhas vendas em ponto fixo e a localização é excelente.